O jornal exerce hoje todas as funções do defunto Satanás, de quem herdou a ambigüidade. E é não só o pai da mentira, mas o pai da discórdia.
Eça de Queiroz

A leitura dos jornais, sempre penosa do ponto de ver estético, o é freqüente do moral, ainda para alguém que tenha poucas preocupações morais.
Fernando Pessoa