Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por jornalismo e ética:

  • O Technorati, site que monitora o crescimento dos blogs no mundo, acaba de lançar mais uma edição do seu amplo e detalhado levantamento “The State of Blogosphere 2010”. Em inglês: http://bit.ly/alX2yz
  • Fim dos jornais? Sim, este assunto ainda rende. Confira uma linha do tempo com previsões para diversos países, inclusive o Brasil. Em inglês, em PDF, e via Blog do GJolhttp://bit.ly/bn8bI1
  • O jornal mais famoso da França, Le Monde, apresenta uma carta de princípios éticos, como a liberdade, a independência e a confiabilidade das informações. O documento, em francês, vale esclarece direitos e deveres de jornalistas, gestores e acionistas: http://bit.ly/cTLV3r
  • Acesse gratuitamente edições do periódico African Communication Research. Em inglês e com um número especial sobre ética nas redaçõeshttp://bit.ly/cLOFQG
  • Em quem confiar? O jornalista britânico Simon Ford repercute programa radiofônico da BBC Radio 4 sobre a publicação de milhares de documentos da Guerra do Iraque pelo site WikiLeaks. Em inglês e com trechos que podem ser ouvidos: http://bbc.in/a0eo5L
  • O juiz federal Fábio Henrique de Fiorenza defende a criação de conselhos regionais de comunicação no Brasil. Segundo ele, essas instâncias representam “total liberdade de expressão”. No Consultor Jurídicohttp://bit.ly/aZxrZQ