Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por jornalismo e ética:

  • No Observatório da Imprensa, o professor Venício A. de Lima aborda o tema da censura por um viés original, o de uma “cultura do silêncio”, herança colonial brasileira: http://bit.ly/euREiw
  • Para o jornalista colombiano e especialista em ética, Javier Dario Restrepo, Wikileaks sacudiu o jornalismo. Em espanhol: http://bit.ly/h3IytD
  • Quer comprovar se um texto jornalístico foi plagiado? Então, use a plataforma Churnalism. Em inglês: http://churnalism.com
  • Já que o assunto é fraude jornalística, que tal saber mais sobre manipulação de imagens digitais? O especialista Hany Farid foi entrevistado por Lauren Kirchner, da Columbia Journalism Review. Em inglês:  http://bit.ly/e5CwxR
  • O jornalista Ramón Lobo, de El País, indica referências para não se perder no deserto líbio da informação. Em espanhol: http://bit.ly/eVv6CJ
  • 21 países africanos assinaram um documento que demonstra sua preocupação com a autorregulação da mídia naquele continente: http://bit.ly/f0ACd3
  • Revista The New Yorker chega às bancas norte-americanas com uma capa histórica sobre a primavera negra no Japão nuclear. Em inglês: http://bit.ly/hndu6t