Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por jornalismo e ética:

  • Autores brasileiros lançaram o livro “Para entender as mídias sociais”, com textos curtos e diretos sobre os diversos assuntos que cercam o tema. A obra pode ser baixada gratuitamente, e tem organização da jornalista e pesquisadora Ana Maria Brambillahttp://bit.ly/fcmfr9
  • “Não renuncie aos seus princípios. Que despeçam você!”. Este é o conselho do ex-presidente da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), Danilo Arbilla. Em espanhol: http://bit.ly/i8CH6K
  • Dos Estados Unidos, o jornalista e cientista computacional Jonathan Stray traz uma interessante reflexão sobre precisão no jornalismo e seu consequente aperfeiçoamento. Em inglês: http://bit.ly/dUCAGy
  • Ainda nos Estados Unidos, Jay Rosen – um dos nomes mais influentes nas novas mídias – celebra 25 anos como professor com a tentativa de sintetizar tudo o que sabe sobre jornalismo em quatro ideias. Em inglês: http://bit.ly/lPtnmm
  • No Reino Unido, a BBC defende a filmagem da morte de um paciente de câncer na sua série científica para televisão “O corpo humano”. Em inglês: http://bit.ly/hFfiYS
  • No Brasil, o jornalista Alberto Dines comenta para a edição radiofônica do Observatório da Imprensa a atitude do senador Roberto Requião (PMDB-PR) de confiscar o gravador de um jornalista: http://bit.ly/k6U3sb
Advertisements