O Diabo Veste Prada

Por Joice Balboa
Acadêmica de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina

Com o mesmo nome do livro em que foi baseado, O Diabo Veste Prada, é um romance inspirado na experiência da própria autora do livro, Lauren Weisberger, que durante um ano foi assistente da editora chefa na revista Vogue America, Anna Wintour.

Dirigido por David Frankel, o filme mostra nas telonas os bastidores de uma das mais importantes revistas de moda, Runway, sob a responsabilidade da respeitadíssima editora-chefe Miranda Priestley, interpretada por Meryl Streep.

A jornalista recém formada  Andrea Sachs – papel que coube a Anne Hathaway – diferentemente das outras mulheres, não veste roupas de alta-costura, sonha em ser escritora e colaborar em revistas como New Yorker. E se prepara para uma entrevista de emprego como auxiliar de Miranda Pristley.

A partir do momento em que Andrea entra no escritório de Miranda, surgem comentários sobre a sua roupa démodé. A curta entrevista com a editora lhe garante a vaga, justamente porque ela era diferente das outras garotas que estavam interessadas na vaga, despreocupada com o que estava vestindo e com interesses diferentes em relação a estar na revista de moda mais importante.

Nos primeiros dias de trabalho, o “jeito Andrea de ser” era o papo das funcionárias do prédio. Ela enfrenta o desafio diário de deixar todas as coisas do jeito que Miranda exigia. Depois de algumas gafes, não resiste e vai desabafar com um dos conselheiros de Miranda, Nigel, interpretado por Stanley Tucci. A partir da conversa, Andrea muda  completamente seu visual e surpreende os colegas de trabalho, inclusive a própria editora.

A competência de Andrea e o novo visual conquistam a confiança da  chefe, mas a cobrança do trabalho faz com que Andrea deixe em segundo plano a vida pessoal, seu namorado e amigos que cobram a ausência. Porém, a vontade de crescer profissionalmente fala mais alto. A difícil decisão de continuar no emprego e dar mais atenção à vida pessoal revela um jogo de cintura que todo jornalista deve ter. A adaptação ao meio e o profissionalismo nem sempre contam pontos a favor num relacionamento.

A determinação de Andrea supera suas limitações e ela cria oportunidades para que seu objetivo inicial, de ampliar a rede de contatos, seja uma porta para o futuro emprego.

FICHA TÉCNICA

Diretor: David Frankel
Elenco: Anne Hathaway, Meryl Streep, Adrian Grenier, Tracie Thoms, Emily Blunt, Gisele Bündchen, Stanley Tucci
Produção: Wendy Finerman
Roteiro: Aline Brosh McKenna, baseado em romance de Lauren Weisberger
Fotografia: Florian Ballhaus
Trilha Sonora: Theodore Shapiro
Duração: 110 min.
Ano: 2006
País: EUA
Gênero: Comédia Dramática