Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por jornalismo e ética:

  • O “Manual Periodístico para la Cobertura Ética de las Emergencias y los Desastres” costa-riquenho aponta para cuidados em coberturas de tragédias. Acesse: http://zip.net/bkpqwN
  • Após o assassinato do jornalista James Foley por militantes do Estado Islâmico, surge a questão: a autorregulação e o jornalismo auxiliam a proteger a internet dos vídeos virais? Como fazê-lo? O site EJN tenta responder: http://zip.net/bnpqsH
  • Agradável ou incômodo? O jornal londrino “The Times” introduziu o som da máquina de escrever em alto-falantes de sua redação para motivar os redatores a cumprirem o deadline: http://zip.net/bcpqpS
  • Jornalistas, mesmo os que não saem da redação, podem sofrer de estresse pós-traumático com a frequente exposição a conteúdos de violência. É o que diz um estudo do Departamento de Psicologia da Universidade de Toronto: http://zip.net/bxprqK
  • Donos de jornais brasileiros demonstram pouquíssimo preparo para enfrentar mudanças tecnológicas. O jornalista e pesquisador Marcelo Träsel faz uma análise da situação a partir do 10º Congresso Brasileiro de Jornais: http://zip.net/brpqKM
Advertisements