Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por jornalismo e ética:

  • O Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo (ESPM-SP) lançou Ética de Bolso, um novo observatório sobre ética, comunicação e consumo. O grupo é liderado pelo professor Luiz Peres-Neto: bit.ly/28OA58O
  • Plataformas que publicam reportagens, como o Facebook Instant Articles, podem ameaçar alguns valores éticos do jornalismo. Para Michael Keller, a interatividade presente nos textos recolhe dados pessoais dos leitores e invadem a sua privacidade: bit.ly/28RCJik
  • O Facebook tornou público os procedimentos que norteiam suas pesquisas feitas com dados de usuários. A análise de Anna Lauren Hoffmann sugere que o artigo escrito por duas funcionárias é uma jogada diplomática da empresa e não sinaliza um comprometimento ético: bit.ly/290LPoq
  • O jornalismo drone será legalizado em 60 dias nos Estados Unidos. Nieman Lab explica quais são as regras para o uso comercial dos veículos: bit.ly/28MiAY8
  • No Brasil, qualquer pessoa pode adquirir um drone, mas uma série de autorizações da Anatel, Anac e Decea são necessárias. Saiba mais: bit.ly/290pZT8
  • Explore dados sobre o consumo de notícia em 26 países na pesquisa Digital News Report, conduzida pelo Instituto Reuters. Você pode acessar informações sobre o nível de confiança do público com jornalistas, a porcentagem que paga para ler jornais digitais e os dispositivos mais utilizados no acesso à notícia e : bit.ly/SBryvD
  • Quem governa a Internet? Os realizadores do documentário Freenet questionam o quão livres somos dentro da rede. O filme está disponível no YouTube e traz entrevistas com Glenn Greenwald, Sergio Amadeu da Silveira e Edward Snowden, entre outros: bit.ly/28VI0DG