Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por ética e jornalismo:

– Os bastidores da investigação internacional Paradise Papers, realizada pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos: bit.ly/2zlyZAn

– Quase 35% dos brasileiros não dispõem de sites ou jornais locais em suas cidades. O levantamento faz parte do projeto Atlas da Notícia: bit.ly/2zkM6lF

– Foram aprovadas alterações no Código Deontológico de jornalistas portugueses. Algumas das modificações incluem o acréscimo de uma cláusula de consciência, semelhante ao código brasileiro: bit.ly/2hYVDFr

– Abraji critica prefeitura de São Paulo que dificultou o acesso de repórteres para obter informações públicas: bit.ly/2yH8HcK

– Uma lista de ferramentas para proteção e segurança de jornalistas: bit.ly/2hnwZkE

– Journalism.co.uk discute três mitos do jornalismo: todos os bots são estúpidos, a crença cega nos dados e a era passageira das fake news. Leia: bit.ly/2iIqTIh

– Confira uma entrevista com o especialista em ética jornalística Patrick Plaisance sobre ensino em graduação, pesquisa e qualidade no jornalismo: bit.ly/2zvuvHF.

Advertisements