O Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), um conglomerado de mídia com sede em Recife (PE), deu início em abril ao projeto multimídia #UmaPorUma, que conta todas as mulheres assassinadas em Pernambuco em 2018 e inova ao criar um banco de dados com perfis e histórias de cada uma delas. O projeto, coordenado pelas jornalistas Ciara Carvalho e Julliana de Melo, é iniciativa de um coletivo de mais de 20 jornalistas mulheres do SJCC.

Até março deste ano, já haviam sido contabilizadas 77 mulheres mortas, sendo 17 delas vítimas de feminicídio. Além de calcular, o projeto tem o objetivo de analisar e compreender as causas dos crimes, buscar na polícia as respostas de quem as matou, acompanhar a conclusão dos inquéritos, os registros das denúncias no Ministério Público e cobrar o julgamento dos acusados e a punição dos crimes.

No site, há constantemente a publicação de reportagens que analisam o fenômeno do feminicídio e dialogam com o tema, com abordagens sobre relacionamentos abusivos, a presença das mulheres nos crimes e iniciativas de combate à cultura machista e à violência doméstica. No fim de cada mês, o banco de dados é atualizado. O projeto segue até janeiro de 2019, com a conclusão e análise dos dados completos do ano de 2018.

 

This slideshow requires JavaScript.

Advertisements