Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por ética e jornalismo:

– Violência contra jornalistas que atuam em coberturas políticas e eleitorais: Abraji registra 62 casos de agressão física e 75 ataques por meios digitais: bit.ly/2Pu2Lbh.

– O risco que a candidatura de Jair Bolsonaro representa para a liberdade de imprensa: bit.ly/2C78Uq2.

– Entre a omissão e a adesão a um projeto de extrema-direita, parte da mídia tradicional pode contribuir para a eleição de um governo ultraconservador: bit.ly/2OhSSkt.

– As falhas do Tribunal Superior Eleitoral no combate às fake news: bit.ly/2IEWUgQ.

– Análise de quase um milhão de tuítes às vésperas da eleição registra críticas à imprensa e desconfiança sobre a mídia tradicional: bit.ly/2yAlr1Q.

– Softaware de espionagem desenvolvido para operações policiais infecta celulares de jornalistas de 45 países, incluindo o Brasil: bit.ly/2ywDjL9.

– Conheça as reportagens vencedoras do Prêmio Gabriel García Márquez de Jornalismo em 2018. Dentre os temas, estão histórias de desastres ambientais, direito das mulheres e refugiados: bit.ly/2Cw2FNt.

– Inscreva-se gratuitamente em um curso sobre produção de vídeos para jornalistas na era digital: bit.ly/2C2DX6B.

Anúncios