Inicia hoje o 16º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, na FIAM-FAAM Centro Universitário, em São Paulo. O evento, um dos mais tradicionais da área, é promovido pela Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) e ocorre até sexta-feira, dia 9.

Sete pesquisadores do Observatório da Ética Jornalística participam dessa edição. Na tarde de quinta-feira, das 14h às 17:30h, o professor Dr. Samuel Lima coordena a sessão “Trabalho e Identidade dos Jornalistas: limites e possibilidades de reação à precarização profissional” e apresenta o trabalho “Os impactos do mercado jornalístico na vida dos trabalhadores: um estudo sobre indicadores de saúde dos jornalistas brasileiros”. Na sessão “Estudos sobre a crítica de mídia jornalística no Brasil”, da Rede Nacional de Observatórios da Imprensa (RENOI), a doutoranda Juliana Rosas aborda o tema “Estratégia e processo de implantação do ombudsman de imprensa no Brasil: duas experiências”. “Da pauta ao play: proposta de GDD para o desenvolvimento de newsgames” é o título do artigo do doutorando Carlos Marciano, que participa da sessão “Experiência no jornalismo e jornalismo experiencial”, da Rede JorTec. Na sessão temática “Identidade, cultura e desafios do(a) profissional jornalista”, a professora Dra. Lívia Vieira apresenta “Métricas editoriais no jornalismo online: ética e cultura profissional na relação com audiências ativas no The Guardian, BBC e Folha de S. Paulo”.

No dia seguinte, mais três pesquisadores do objETHOS apresentam seus trabalhos no evento. Pela manhã, das 9h às 12:30h, o professor Dr. Jacques Mick discute “Jornalistas na crise: as carreiras interrompidas na mídia e a estrutura dual da profissão (2012-2017)”, assinado com Sabina Estayno (UFSC). Já a doutoranda Andressa Kikuti expõe junto de Paula Melani Rocha (UEPG) o artigo “Mercado de trabalho e trajetória profissional de jornalistas mulheres entre 2012 e 2017 no Brasil”. As duas apresentações acontecem na sessão coordenada “Trabalho e Identidade dos Jornalistas: trajetórias, carreiras e perspectivas de atuação profissional”. Por fim, durante a tarde, o doutorando Dairan Paul participa da sessão temática “Perspectivas teóricas sobre ideologia e poder no jornalismo” com o artigo “Perspectivas teleológicas para os estudos sobre ética jornalística”.

Neste ano, a SBPJor aborda o tema “Dos conflitos em pauta aos conflitos do campo”, discutindo as tensões epistemológicas e metodológicas que permeiam as pesquisas em jornalismo. Para mais informações, acesse o site do evento e confira a programação completa.

Anúncios