Refletir o papel do jornalismo na cobertura das eleições brasileiras 2018 e a credibilidade da informação divulgada para a sociedade são os objetivos do “Seminário Internacional: mídia, política e credibilidade da informação jornalística”. O evento gratuito ocorrerá no dia 30 de novembro, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis. Entre os convidados estão o pesquisador colombiano Germán Ortiz-Leiva (Universidad del Rosário, Bogotá) e o editor-executivo do The Intercept Brasil, Leandro Demori.

Duas mesas redondas irão compor a programação que marca os nove anos de fundação do Observatório da Ética Jornalística (objETHOS) da UFSC. A primeira, “Credibilidade jornalística”, será entre 9h30 e 12h30. Contará, como palestrante, com o professor Francisco Belda, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), como debatedor, com Jacques Mick, professor do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR) da UFSC e pesquisador do objETHOS, e, como mediadora, com a professora de curso de jornalismo da faculdade Bom Jesus/Ielusc, em Joinville (SC), Lívia Vieira. Belda falará, dentre outras questões, sobre sua experiência como coordenador do “Projeto Credibilidade” no Brasil, que busca aferir atributos de credibilidade jornalística em meios digitais.

À tarde, entre 14h30 e 17h30, três palestrantes integrarão a mesa “Mídia, política e a cobertura das eleições 2018”: Germán Ortiz-Leiva, professor da Universidad del Rosário, em Bogotá, Kelly Prudêncio, professora da Universidade Federal do Paraná e Leandro Demori, editor-executivo do jornal independente The Intercept Brasil. Germán contará suas impressões sobre as eleições brasileiras em Bogotá, bem como sua visão sobre a cobertura jornalística das eleições na Colômbia. Em seguida, Kelly Prudêncio, que é coordenadora do grupo de pesquisa “Comunicação e participação política” (Compa-UFPR), abordará a relação entre política e mídia no Brasil. Leandro Demori também contribuirá com este debate e trará sua experiência como diretor-executivo do The Intercept Brasil, portal de jornalismo independente que conseguiu levantar mais de R$ 122 mil de financiamento coletivo para realizar a cobertura das últimas eleições brasileiras. Essa mesa será mediada pela doutoranda do PPGJOR/UFSC e pesquisadora do ObjETHOS Juliana Rosas.

seminario2.jpg

Serviço:

As inscrições para o “Seminário Internacional: mídia, política e credibilidade da informação jornalística” serão limitadas a 80 vagas e ocorrerão, antecipadamente, de 26 a 29 de novembro (pelo e-mail do objETHOS: objethos@gmail.com) ou no local caso ainda haja vagas disponíveis no próprio Auditório Elke Hering (na Biblioteca Central da UFSC, Campus Trindade, em Florianópolis).

O evento é organizado pelo Observatório da Ética Jornalística (objETHOS) da Universidade Federal de Santa Catarina, com apoio do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR), Departamento de Jornalismo, da WebRádio Rádio Ponto UFSC e do TJ UFSC.

Para mais informações, consultar:

Samuel Pantoja Lima: professor do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC e coordenador do grupo de pesquisa Observatório da Ética Jornalística (objETHOS/UFSC). E-mail: samuca13@gmail.com.

Anúncios