O doutorando Dairan Mathias Paul é um dos finalistas do Prêmio Francisco Morel, concedido pela Intercom aos trabalhos de mestrado de maior destaque apresentados durante seu congresso nacional do ano anterior. Dairan Paul apresentou a comunicação “Dilemas Morais nas Práticas de Não-jornalistas: tensionamentos no cuidado como virtude” em Joinville em 2018, e em setembro deste ano, estará em Belém concorrendo com outros dois pós-graduandos: Rômulo Vieira da Silva e Lennon Macedo.

Os finalistas foram selecionados pelos coordenadores de grupos de pesquisa da Intercom e por júri especializado em suas respectivas áreas de pesquisa. Um novo júri avaliará os trabalhos após apresentação no Colóquio Acadêmico durante o congresso na Universidade Federal do Pará (UFPA).

A Intercom é a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, a mais tradicional entidade científica da área no país. Além do Francisco Morel, são entregues anualmente os prêmios Vera Giangrande, voltado a graduandos e recém-graduados, e o Freitas Nobre, destinado a estudantes de doutorado que apresentaram trabalho em grupos de pesquisa.

O 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2019) será o palco também da entrega do Prêmio Luiz Beltrão. O professor Eduardo Meditsch, do PPGJor/UFSC, concorre na categoria maturidade acadêmica, e o TJ UFSC, na de Grupo Inovador.

Anúncios