Na manhã da última quarta-feira, 19 de setembro, começamos as atividades do projeto de extensão “Educação para a Crítica de Mídia nas Escolas Públicas” do objETHOS. O primeiro encontro do semestre foi realizado na Escola Educação Básica Nereu Ramos, no município de Santo Amaro da Imperatriz (SC). Esta é uma etapa de expansão da iniciativa que tem o objetivo de levar aos estudantes de ensino médio de escolas públicas o conhecimento crítico sobre assuntos veiculados na imprensa, na esperança de provocar reflexões sobre a leitura crítica da cobertura jornalística. Neste semestre, os encontros acontecerão com duas turmas do 2º Ano do Ensino Médio, que reúnem cerca de 36 estudantes.

            O projeto já acontece desde o 2º semestre de 2017, sob coordenação do professor Samuel Lima, com apoio do pesquisador Ricardo Torres (doutorando do POSJOR/UFSC) e colaboração de uma equipe de voluntários que participam das atividades e dão suporte ao projeto. O debate deste primeiro encontro abordou coberturas jornalísticas sobre o racismo. As questões raciais e do racismo foram o centro das discussões e os estudantes tiveram a oportunidade de observar como o tema é retratado por diferentes veículos jornalísticos (independentes e tradicionais). Para inspirar a conversa, foi exibido um vídeo produzido pelas alunas da graduação do Jor/UFSC Luiza Morfim, Carol Gómez e Carolina Maingué, com relatos de especialistas e fontes sobre a temática.

            Durante a discussão, alunos e alunas expuseram suas visões sobre como que o racismo é retratado pelos veículos jornalísticos e apontaram o ocultamento e a invisibilidade das vítimas desse crime, que raramente são ouvidas pelos jornalistas. Além disso, foram ressaltadas a falta de contextualização e a superficialidade das informações apresentadas. Os/as estudantes apontaram que a falta de uma abordagem mais profunda sobre os casos se reflete na insuficiência de informações sobre práticas sociais racistas.

            No final das atividades, foram aplicados questionários que buscam mensurar hábitos de leitura de notícias dos estudantes e percepções sobre jornalismo, além dos temas que gostariam de conversar nos próximos encontros. Essas indicações serão analisadas pela equipe do projeto e algumas serão selecionadas para as próximas rodas de conversa.

            O encontro contou com o apoio e a participação especial das professoras Liniana Cortelini (Educação Física), Débora da Costa (Literatura) e da profa. Talita Koerich (Coordenadora Pedagógica). A direção da EEB Nereu Ramos ofereceu a infraestrutura e recebeu a equipe do objETHOS de maneira acolhedora e atenciosa.

Anúncios