Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por ética e jornalismo:

  • The Ethical Journalim Network está com site novo. Confira: http://zip.net/bttsZN
  • Um dos jornais econômicos mais influentes do mundo, o Financial Times, está ensaiando novas formas narrativas para conteúdos jornalísticos. Um exemplo é  este mergulho nas favelas cariocas em 360 graus: http://zip.net/bltrKp 
  • Recentemente, a Folha de S.Paulo restringiu a seus assinantes a área de comentários de notícias, a rádio pública dos Estados Unidos (NPR) fechou a seção, e essas mudanças ainda provocam discussão. Margareth Sullivan, colunista de mídia do Washington Post, acha que isso vai trazer consequências aos veículos, inclusive perda de público: http://zip.net/bmtsdg
  • Nos EUA, drones já podem ser usados para fins comerciais. Que tal um manual do Drone Journalism Lab? Baixe aqui (em inglês, formato PDF e 23 páginas): http://zip.net/bvtsDl
  • Na Ucrânia, um fotojornalista foi exonerado do Ministério da Defesa por divulgar nas redes sociais uma fotografia manipulada, que, segundo o governo, não condizia com cenas reais de guerra: http://zip.net/bjtsdP
  • Ser jornalista não é uma tarefa fácil. Na Venezuela, menos ainda. Medianálisis oferece um estudo sobre essa situação num estudo atualizado. Baixe aqui (em espanhol, PDF e 30 páginas): http://zip.net/bytsJs 
  • No Brasil, o que muda na comunicação público-estatal com Michel Temer na presidência da república? A ONG Artigo 19 responde: http://zip.net/bctskd
2000px-ebc_logo-svg_
Empresa Brasil de Comunicação vem perdendo autonomia com o governo Temer
Advertisements