Paradas obrigatórias para quem pensa e se interessa por ética e jornalismo:

– Confira o relatório Digital News deste ano do Instituto Reuters sobre credibilidade e consumo de notícias em 36 países, incluindo o Brasil: bit.ly/2sYqyrW.

– Entre 28 e 29 de junho acontece o 1º Congresso de Jornalismo de Educação, na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. As inscrições ainda estão abertas, com vagas limitadas: bit.ly/2rQEbso.

– Aproveite também para se inscrever no 15º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, organizado pela SBPJor. Neste ano, o congresso será realizado na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), entre 8 e 10 de novembro: bit.ly/2t2UdjF.

– Justiça libera o site Falha de S. Paulo, fora do ar desde 2010 por uma ação judicial movida pelo jornal Folha de S. Paulo. Criado pelos irmãos Lino e Mário Bochinni, Falha parodiava o veículo e criticava sua linha editorial: bit.ly/2t1EEJw.

– Repórteres, editores e ombudsmen das rádios americanas NPR e CPR realizaram uma sessão pública com sua audiência para responder questões sobre ética jornalística no cotidiano das redações: bit.ly/2rYS3lE.

– O professor Paul Bradshaw, da Birmingham City University, comenta a recente iniciativa do Facebook, em parceria com organizações jornalísticas, para proteger a segurança digital dos profissionais que acessam a rede: bit.ly/2rJNiYX.

– Iniciativas de fact-checking cresceram na Coréia do Sul, em 2017, por conta da proliferação de fake news durante o impeachment da ex-presidente Park Geun-hye e também pelo declínio de reportagens investigativas: bit.ly/2rY5OkF.

– No Japão, o fact-checking não se tornou tão conhecido ainda. Embora as fake news não sejam um problema significativo no contexto do país oriental, a frequência de erros recentes em coberturas da mídia tradicional motivaram a criação do FactCheck Initiative Japan (FIJ). Conheça: bit.ly/2rYMjIq.

– O governo mexicano foi denunciado por espionagem de jornalistas através de um software que monitora mensagens, e-mails, contatos, câmera e microfone de celulares: bit.ly/2tBfjTR.

Advertisements