Juliana Rosas, doutoranda do Programa de Pós-graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e pesquisadora do Objethos, embarca em agosto para um período de pesquisa no Instituto de Mídia e Estudos de Comunicação da Universidade Livre de Berlim (Institut für Publizistik und Kommunikationswissenschaft – Freie Universität Berlin).

Orientada pelo professor Rogério Christofoletti, Juliana Rosas estuda crítica jornalística, em especial o ombudsman e relações entre jornalismo, crítica e democracia. A pesquisadora tem como uma de suas bases teóricas o filósofo alemão Jürgen Habermas e pensadores que neste se apoiam – um dos motivos que a levou a desejar uma imersão com especialistas alemães na área.

Baseada nas teorias adotadas, a doutoranda irá, entre outros, observar como crítica e autocrítica jornalísticas aparecem em algumas das mais importantes publicações alemãs. A estância internacional de Juliana Rosas vai durar seis meses e ela tem apoio do PDSE/Capes.

Anúncios